Defensoria Pública firma acordo entre família de estudante e escola

A família da estudante transexual Lara e a Escola Educar Sesc chegaram a acordo, nesta quinta-feira (14), sobre o ressarcimento dos danos sofridos pela aluna que teve negada sua matrícula para o ano letivo de 2018. O acordo foi realizado pela Defensoria Pública do Estado do Ceará, através do Núcleo de Direitos Humanos e Ações Coletivas. Ficou definido que a …

Programa Hora Extra aborda a diversidade sexual e de gênero nas empresas

A diversidade da força de trabalho dada por aspectos do gênero, etnia, orientação sexual, idade, religião e deficiência tem causado mudança de perfil, impondo às empresas novos desafios e demandas. Será que as empresas estão preparadas para valorizar a diversidade sexual e combater o preconceito nas relações de trabalho? Na edição desta semana, a advogada Chyntia Barcellos fala sobre a …

Precisamos falar sobre HIV e AIDS

O preconceito é um fator decisivo na vida de quem contraiu o vírus HIV. Começa com o equívoco de que o HIVe a AIDS são restritos a gays, e trans ou de usuários de drogas. Depois, vem o medo de fazer o teste anti-HIV, após se expor a uma situação de risco, como relação sexual desprotegida ou compartilhamento de agulhas, …

Regra suspensa sobre direitos humanos na redação está no Enem desde 2013

A regra que exige o respeito aos direitos humanos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está prevista no edital desde 2013. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a prova de redação do Enem sempre exigiu que o participante respeite os direitos humanos. Uma decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª região …

Cartilha Demitindo Preconceitos é uma ferramenta para promover a diversidade nas empresas

Para além de corrigir injustiças, ter uma gestão da diversidade é importante porque implica em responsabilidade social, em respeito aos direitos humanos, e porque é certo e justo. “A diversidade sexual passou a ser um tema debatido na iniciativa privada, porque além de uma questão social, tornou-se econômica também”, afirma a advogada Chyntia Barcellos. Ativista dos direitos humanos, especialmente dos …

Cartilha Demitindo Preconceitos fortalece discussão sobre diversidade sexual em empresas

“A diversidade sexual passou a ser um tema debatido na iniciativa privada, porque além de uma questão social, tornou-se econômica também”, afirma a advogada Chyntia Barcellos. Ativista dos direitos humanos, especialmente dos direitos da população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, transgêneros e interssexuais (LGBTI), ela lança uma publicação dedicada ao empresariado, a cartilha “Demitindo Preconceitos”, no dia 10 de …

Palestra e lançamento da Cartilha “Demitindo Preconceitos” na Fenalaw 2017

Em outubro, dia 24/10, às 12h, estarei presente na plenária de abertura como palestrante na 14ª edição da Fenalaw, a maior feira de negócios jurídicos do Brasil, com o painel “Diversidade no mundo do Direito – Oportunidades iguais e favorecimento à diversidade como sinônimos de inovação e resultados”. Na ocasião, também será lançada a cartilha “Demitindo Preconceitos”. Este trabalho, é uma …

Opinião em O Popular: Advocacia do Brasil

Por Chyntia Barcellos Advogada e membro da Comissão da Diversidade Sexual do CF da OAB No ano da mulher advogada, na Ordem dos Advogados do Brasil a presidência e a diretoria do Conselho Federal está formada exclusivamente por homens. Este por si só seria motivo suficiente para alterar o nome da OAB para Ordem da Advocacia do Brasil. Nesse mês …

Petição Pública: Ordem da Advocacia do Brasil #mudaOAB

Somos Mulheres Advogadas, Defensoras, Procuradoras, Estagiarias, nossa luta vai além dos tribunais, das lides forenses, lutamos também pela igualdade de gênero, por uma sociedade mais humana. Queremos a inclusão de fato e de direito da mulher profissional da advocacia dentro da nossa instituição. Queremos uma Ordem que seja da ADVOCACIA do Brasil, e não apenas uma Ordem que continue dos …

As empresas que levantam a bandeira LGBT, vestem a camisa da diversidade?

Hoje, temos visto um movimento de apoio a causa LGBT por parte de diversas marcas e suas campanhas publicitárias. No entanto, a grande questão é saber distinguir quando uma marca, empresa, é de fato engajada e promove a diversidade , ou se ela está sendo oportunista e correndo atrás do chamado “pink money”. Não adianta levantar bandeiras e dizer “somos …