Precisamos falar sobre pessoas trans no esporte

A transexualidade tem sido uma pauta presente nas mídias. Ainda bem. Mas a visibilidade não é o suficiente para informar e quebrar tabus. Ainda há muito caminho para percorrer num novo cenário em que ainda é preciso desvendar muitas coisas. Só com conhecimento é possível desconstruir preconceitos. O artigo publicado esta semana no jornal O Popular traz questões muito pertinentes. …

Escritórios ajudam empresas a garantir diversidade no trabalho

A inclusão de minorias, na visão de especialistas, não é mais uma questão ideológica, mas necessária para evitar processos judiciais e danos à imagem das corporações     A defesa da diversidade e da tolerância deixou de ser uma pauta meramente ideológica para se tornar uma obrigação no meio empresarial. É com esse pensamento que alguns escritórios de advocacia estão …

Mês da Visibilidade Trans por respeito e cidadania

Por: Marcio Salles / Site TV Gazeta Dia 29 de janeiro é celebrado o Dia Nacional da Visibilidade Trans, data criada em 2004 pelo Ministério da Saúde após a divulgação da campanha “Travesti e Respeito”, em reconhecimento à dignidade dessa população. Desde então, pouco caminhamos para a inclusão de travestis e transexuais na sociedade. São pessoas que ainda possuem grande dificuldade …

Fatos Marcantes – Opinião em O Popular

O Brasil de 2017 pecou em dignidade, racismo e lgbtifobia. O brutal assassinato da travesti Dandara dos Santos, do Ceará, morta a pedradas, chutes e tiros não deve ser esquecido. A vinda recente da filósofa Judith Butler ao Brasil foi marcada por uma recepção criminosa, por parte de extremistas conservadores. Porém, Butler, com sua sensatez nata, antes de deixar o …

Defensoria Pública firma acordo entre família de estudante e escola

A família da estudante transexual Lara e a Escola Educar Sesc chegaram a acordo, nesta quinta-feira (14), sobre o ressarcimento dos danos sofridos pela aluna que teve negada sua matrícula para o ano letivo de 2018. O acordo foi realizado pela Defensoria Pública do Estado do Ceará, através do Núcleo de Direitos Humanos e Ações Coletivas. Ficou definido que a …

Programa Hora Extra aborda a diversidade sexual e de gênero nas empresas

A diversidade da força de trabalho dada por aspectos do gênero, etnia, orientação sexual, idade, religião e deficiência tem causado mudança de perfil, impondo às empresas novos desafios e demandas. Será que as empresas estão preparadas para valorizar a diversidade sexual e combater o preconceito nas relações de trabalho? Na edição desta semana, a advogada Chyntia Barcellos fala sobre a …

Precisamos falar sobre HIV e AIDS

O preconceito é um fator decisivo na vida de quem contraiu o vírus HIV. Começa com o equívoco de que o HIVe a AIDS são restritos a gays, e trans ou de usuários de drogas. Depois, vem o medo de fazer o teste anti-HIV, após se expor a uma situação de risco, como relação sexual desprotegida ou compartilhamento de agulhas, …

Regra suspensa sobre direitos humanos na redação está no Enem desde 2013

A regra que exige o respeito aos direitos humanos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está prevista no edital desde 2013. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a prova de redação do Enem sempre exigiu que o participante respeite os direitos humanos. Uma decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª região …

Cartilha Demitindo Preconceitos é uma ferramenta para promover a diversidade nas empresas

Para além de corrigir injustiças, ter uma gestão da diversidade é importante porque implica em responsabilidade social, em respeito aos direitos humanos, e porque é certo e justo. “A diversidade sexual passou a ser um tema debatido na iniciativa privada, porque além de uma questão social, tornou-se econômica também”, afirma a advogada Chyntia Barcellos. Ativista dos direitos humanos, especialmente dos …

Cartilha Demitindo Preconceitos fortalece discussão sobre diversidade sexual em empresas

“A diversidade sexual passou a ser um tema debatido na iniciativa privada, porque além de uma questão social, tornou-se econômica também”, afirma a advogada Chyntia Barcellos. Ativista dos direitos humanos, especialmente dos direitos da população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, transgêneros e interssexuais (LGBTI), ela lança uma publicação dedicada ao empresariado, a cartilha “Demitindo Preconceitos”, no dia 10 de …